Pintar o tronco das árvores com cal faz bem?

No passado, acreditava-se que pintar o tronco das árvores estaria protegendo-as contra ataques de formigas, fungos e cupins, no entanto, tal técnica hoje não é mais recomendada, pois não trás nenhum benefício a essas plantas. Infelizmente essa prática ainda é realizada em alguns municípios  devido à falta de conhecimento e crença cultural em tal técnica.

Algumas espécies de árvores realizam trocas gasosas através de estruturas presentes nos caules, dessa forma, pintá-los com cal pode impermeabilizar essas regiões e assim, comprometer a saúde vegetal.

Muitas árvores apresentam trocos ornamentais como é o caso do pau-ferro, pitangueira, goiabeira, copaíba, entre outras, então, pintar o caule dessas plantas apaga-se a beleza dessas plantas. No caso de parques e vias públicas, árvores pintadas de branco tornam o local artificial e feio paisagisticamente.

troncos pintados com cal

Pintar os caules das árvores e palmeiras com cal, além de tornar o ambiente muito feio paisagisticamente, resulta em gastos desnecessários de tempo e dinheiro. Clube Venâncio Ayres, Itapetininga-SP.

Jatobá, sibipiruna, jequitibá-rosa, todos com o caule pintado.

Jatobá, sibipiruna, jequitibá-rosa, todos com o caule pintado. Clube Venâncio Ayres, Itapetininga-SP

Pau mulato (Calycophyllum spruceanum). Planta nativa da amazônia.

Pau mulato (Calycophyllum spruceanum) exemplo de planta com caule ornamental. Planta nativa da amazônia.

Além de tudo, do ponto de vista econômico,  tal prática implica em gasto desnecessário de dinheiro e tempo, pois tais recursos poderiam ser aproveitados de outras maneiras, por exemplo, adubando as árvores, realizando o controle de erva daninhas, irrigando, etc.

Felipe Furtado Frigieri

Anúncios

Sobre Felipe Furtado Frigieri

Engenheiro florestal graduado pela ESALQ-USP. Interessado em discutir temas relacionados a arborização urbana, restauração florestal de ambientes degradados, horta urbana, reciclagem, criação de abelhas nativas, entre outros.
Esse post foi publicado em Arborização urbana. Bookmark o link permanente.

52 respostas para Pintar o tronco das árvores com cal faz bem?

  1. Paulo Moura disse:

    Bom dia Felipe, poderia informar, por favor, de onde procede a informao de que a cal passada no tronco das rvores no produtiva? Att Moura

    Curtir

  2. Olá! Penso q vc pode me ajudar,minha vizinha cortou uma goiabeira e tive a ideia de

    guardar o tronco para reaproveitar na decoração da minha casa,será que isso vai me trazer problemas com pragas,como cupim? Agradeço a gentileza da resposta.

    Curtir

    • Oi Rozemir. Vai depender do cuidado que você der ao tronco. Como o tronco deve estar úmido voc~e pode secá-lo e depois passar verniz. O tronco da goiabeira é bastante resistente.

      Um abraço,

      Felipe

      Curtir

      • Fredy disse:

        Amigo Felipe,
        Obrigado por seu interesse pelas arvores (bem-vindo ao clube!)
        Sou Francês, vivo em Paris, e fiquei um pouco intrigado com suas respostas em geral.
        A proposito do que vc chama “pintar o caule das arvores” quero dizer-lhe que na Europa a historia da cal ja é conhecida ha mais de 12.000 anos e continua a ser utilizada em arboricultura biologica, nomeadamente nas arvores. O problema é que ha “cal” e “cal”.
        A confusao feita por muita gente tem varias origens:
        1) A formaçao atual preveligia a utilizaçao de produtos quimicos
        2) Sei por experiencia que quem compra cal ignora totalmente que existem varias qualidades.
        3) As pinturas, logicamente, nao devem ser utilizadas nas arvores mesmo se pelo passado a utilidade era outra.
        4) Até a verdadeira cal (viva) nao deve ser aplicada em caules lisos por razões que vc poderia compreender se tivesse vivido ha 12.000 anos (risos).
        Um abraço,
        Fredy

        Curtir

      • Oi Fredy,

        realmente a cal têm efeitos benéficos na agricultura, até hoje utiliza-se a a cal virgem (CaO) somada ao sulfato de cobre e diluídos em água formam um excelente fungicida.
        Mas, no meu artigo eu me refiro ao uso nas cascas das árvores e não na agricultura como um todo.

        Um abraço e obrigado pela participação.

        Felipe

        Curtir

  3. Osvaldo Paes de Almeida disse:

    Felipe, sou formado em Direito e não em Agronomia, procuro fazer minha parte em nome da natureza, propondo medidas administrativas nos órgãos públicos inclusive judiciais, mas nem sempre compreendido porque ecologia ainda é retórica neste país onde as autoridade públicas fecham os olhos. Ainda ontem, no Campus da UNESP de Botucatu tive o desprazer de ver várias palmeiras adultas com “polainas brancas” ao lado do majestoso e com um belo jardim em formação prédio da Administração da Faculdade de Medicina, uma das mais concorridas do Brasil. Uma cena dantesca, só mesma superada por Dante Aligheri no “inferno” da sua “divina comédia “; e, que certamente o saudoso Burle Marx citado como maior paisagista do mundo deve ter se revirado no túmulo quando, de onde está, presenciou essa coisa horrenda, algo idiota e até ridículo. Pior, não foram pintadas com cal que para muitos incaltos acreditam fazer bem às árvores, quando se sabe ser ao contrário: causa danos. Porém assim é que ao revés de usarem a cal, desgraçadamente pintaram com tinta latex, impermeabilizando parte de seus caules e, consequentemente, não se sabe a pretexto de que, a não ser fruto de muita ignorância e desperdício de dinheiro público. Ah, não se pode esquecer que a UNESP em Botucatu possui uma também renomada Faculdade de Agronomia e outra Florestal. Como diria Boris Casoy: “É UMA VERRRRRRGONHA”.

    Curtir

    • Oi Osvaldo.
      Realmente o que você viu é dantesco. Certas pessoas estão cada vez mais afastadas da natureza, a ponto de achar que uma tinta branca no caule das árvores e palmeiras as deixarão mais bonitas do que na sua forma natural.
      Outra coisa que você comenta e realmente é assustadora é o fato de não haver haver na mesma instituição um segmento de agrárias, parece que não há um dialogo entre eles, triste.
      Mas não vamos desanimar, o jeito é tentar esclarecer as pessoas e buscar sempre a mudança.

      Obrigado pelo comentário, um abraço.

      Curtir

  4. Isa Lucia de Morais Resende disse:

    Você pode me enviar o primeiro artigo, o da UNESP, por favor? Não consegui acessá-lo pelo link.
    Grata,

    Curtir

  5. Há cidades no Brasil onde esse procedimento é proibido. E onde as multas funcionam. Em outras faltam explicações e orientações.

    É um assunto delicado porque a pessoa que realiza esse procedimento não faz por maldade, até pensa que está ajudando. Porém está EQUIVOCADA. Então é necessário cuidado para que compreenda. Sempre pergunto: você já viu o Parque do Ibirapuera pintado de branco? Pense um pouco.

    Em São Paulo “CONSIDERANDO o disposto no Decreto 15.086, de 05 de junho de 1978, que transfere para as Administrações Regionais a responsabilidade pela guarda e fiscalização dos bens de uso comum do Município… Não se recomenda, em nenhuma circunstância a caiação ou pintura das árvores”.

    Curtir

  6. Medeiros disse:

    Amigo pode me ajudar? tenho um sítio com aprox 30 cajueiros… e todos estão com os caules pintados com cal. O que faço pra tirar sem ofender a planta? Tem como? E neste sítio funciona um restaurante onde as pessoas almoçam embaixo destas árvores. Como pintar e deixar um aspecto rústico? Há como? Grato pela atenção

    Curtir

  7. Andre Thomaz disse:

    Ola amigos,
    Existe sim um único motivo para se pintar arvores, tornar a visibilidade noturna em praças e parques mais eficiente, quando uma pessoa se esconde através de arvores pintadas de branco, ela sera vista com certeza, pois sera impossível ela não cruzar a frente de almenos uma arvore e então sera descoberta!
    Quando a arvore não esta pintada a dificuldade de visibilidade noturna é real;
    portanto aumentar a visibilidade noturna seria o único motivo para se pintar arvores de branco, DEFENDER VIDAS! mas se perde a naturalidade de ambientes florestais portanto valeu a dica não pintarei as arvores do meu sitio vou comprar uns rotwailers! kkkkkkkkkkkkkk

    Abraço!
    Obrigaduuuuuuuuuu!

    Curtir

  8. sergio disse:

    Ola, crio ovelha e elas comem as vezes as cascas de arvores, principalmete leguminosas, um amigo sugeriu pintar os caules com uma solução de esterco de ovelha e pensei em usar cal como veiculo de fixacão. o que vc acha?

    Curtir

  9. Sheila Gomes da Silva disse:

    Oi Felipe,
    sou professora numa escola onde há inúmeras árvores frutíferas e algumas estavam com o caule pintado com cal. Achei a atitude ridícula pois considero isso ato que demonstra falta de conhecimento e desrespeito ao meio ambiente.

    Curtir

  10. Sílvia Castro disse:

    Bom dia Felipe
    E quando se faz a pintura do caule pensando em pragas como a lagarta de tronco, que acreditamos atrapalhar a camuflagem da borboleta que bota os ovos. O que acha???

    Curtir

  11. Olá, Felipe! Temos duas árvores Chapéu de Sol em nossa calçada e com uma reforma da prefeitura aqui da região, moro em Itanhaém, um trator danificou uma delas arrancando o casco do caule. Estou muito preocupado porque a árvore parece estar morrendo, no local em que não tem casco o caule parece estar ficando seco e com rachaduras, as folhas que eram para estar grandes estão ficando quase sem vida. Como posso salvar essa árvore? Por favor, muito obrigado pela atenção! Abraços, Edson.

    Curtir

    • Dependendo da intensidade do dano que o trator causou na árvore, não tem muito o que fazer, a não ser cortar e plantar outra árvore no lugar. Solicite uma vistoria de um técnico especializado da prefeitura.

      um abraço e boa sorte.

      Curtir

  12. Aline Flores disse:

    Olá! tenho uma arvore de cereja em casa, e fizemos uma fogueira perto dela e depois e as crianças (picotaram) sua casca, gostaria de saber se teria alguma maneira de “impermeabilizar” essa arvore para que as formigas e outras pragas no se infiltrem no tronco, pois tenho medo que ela caia. Passei inseticida e também o sulfato de cobre. Poderia me indicar alguma coisa, o estrago nela é bem grande. Percebemos a besteira e o estrago que fizemos um pouco tarde. Agradeço.

    Curtir

  13. Odair Duarate disse:

    Felipe; valeu gostei das resposta e muito das perguntas, não vou mais pintar as minhas lindas aroeiras grato. abraço.

    Curtir

  14. Eugênio disse:

    Q legal! Felipe, este artigo me ajudou, sabe eu pensava q era útil pintar com cal. N nunca pintei mas pensava ser bom. agora ei q n. Inicie trabalhando ano passado eu um Escola linda cheia de arvores e bosque, mas fico triste olhando tudo largado. pensei em vareias coisas ate m pintar, mas ai vim pesquisar e encontro vc. Sera q poderia me dar algumas dicas de como fazê-las ter mais vida. Uma coisa eu vi e fico triste, mas tentei convencer as pessoas e n dei conta, sabe varrem tudo, recolhem tudo q é folhas e poe para o,lixeiro levar, tentei dizer que as folhas deverão ficar no chão, que poderiam ser amontadas ao redor das arvores, mas me argumentarão q fica feio sujo. Será que sera legal derramar água com cal no solo. meu e-mail
    eu.eaf@bol.com.br

    Curtir

  15. Vicente Paula Garcia disse:

    Estou precisando eliminar umas bananeiras, o cal é uma boa ideia ? Se não é como fazer pra eliminar?

    Curtir

  16. Vicente Paula Garcia disse:

    A cal virgem é prejudicial ao solo?

    Curtir

  17. Ricardo Simao disse:

    Eu ia fazer isso nas arvores e palmeiras que tenho no meu Rancho (Chacara), simplesmente por estética (burra). Sou meio desinformado, mas resolvi dar uma pesquisada antes. Obrigado por as informações, DESISTí………

    Curtir

  18. Janine disse:

    Prezado Felipe, pintaram uma árvore do prédio em que moro com tinta branca, e não cal. Se você puder me dar alguma dica sobre como retiro a tinta, te agradeceria muito!!!

    Curtir

    • Oi Janine,

      se for uma tinta solúvel em água você pode lavar diariamente o tronco até que a tinta seja totalmente removida. Caso seja um tinta a base de óleo, o melhor a ser feito é esperar a árvore ir perdendo as cascas pintas..
      E o mais importante, orientar a pessoa que fez isso a não fazê-lo mais.

      Um abraço.

      Curtir

  19. MARCUS disse:

    Mas, e a ‘calda bordalesa” – cal e sulfato de cobre? É usada há mais de 200 anos com eficácia mais do que comprovada, não é?

    Curtir

  20. Florenthino Quissanga disse:

    É vedade que na preparação da para a plantação poder usar também o cal? Sr. Felipe Furtado
    Alguém mim disse faz bem no crescimento entre elas.

    Curtir

  21. Ligia Duarte disse:

    A mangueira que tenho no meu quintal, está com formigas e cupins e grande quantidade. Reparo também, que de alguns anos para cá, as mangas estão muito bichadas. Me aconselharam caiar a mangueira . Minha preocupação além da árvore, é com meus cachorros. Pode intoxica-los?

    Curtir

  22. Claudio Nei Maciel disse:

    Eu posso pulverizar minhas mudas de frutas.jabuticaba,graviola,fruta do conde,manga,lichia.com a cal hidratada diluida em água? Somente a cal com água.e quais dessas frutas nao é recomendado pulverizar com a cal?grato.

    Curtir

  23. Tanea Magali Melo disse:

    Gostei dstes comentários, mas ainda tenho alguma dúvida : tenho duas ameixeiras ( frutos amarelos ) e estão um pouco paradas na crescimento. Me falaram para usar cal dissolvido em água e esperar pelo menos dois dias para passar essa água nos troncos. É válida esta sugestão ou não. Como proceder ?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s