Utilização das abelhas indígenas na educação ambiental

Abelhas indígenas – Conhecer para preservar

Por Felipe Furtado Frigieri / Nosso Bem Estar Itapetininga

Quando pensamos em  abelhas muitas vezes associamos acidentes em decorrência das picadas que as mesmas utilizam para a defesa da colmeia, porém existe um grupo de abelhas nativas que possuem o ferrão atrofiado e são incapazes de ferroar ,denominadas de abelhas indígenas. As abelhas indígenas tem uma  enorme importância econômica e ecológica pois durante as visitam às várias  espécies de plantas para a coleta de pólen, néctar e resinas, cumprem um importante papel ecológico na natureza, a polinização.  Sem polinização, as plantas não produziriam sementes e frutos, e não se reproduziriam para garantir o crescimento e a sobrevivência da vegetação  nativa, ou seja,  a produção de alimentos seria menor.  Se  por um lado as abelhas são fundamentais para a sobrevivência das plantas, estas são imprescindíveis para a sobrevivência  das abelhas, já que lhes oferecem alimentação e moradia.

Felipe_Furtado

Dessa forma, as abelhas sem ferrão são peça chave na manutenção  de diversos ecossistemas onde ocorrem, sendo importante o  desenvolvimento de estratégias para a sua preservação e divulgação. Uma das  maiores ameaças para esses insetos é o desmatamento, pois  muitas espécies necessitam de árvores ocas para nidificação,  além disso, o uso abusivo de defensivos agrícolas em plantações é  outra ameaça constante. Diante desses fatos, o Colégio Objetivo de Itapetininga construiu nas dependências do Parque Ecológico um meliponário para a realização de estudos e aulas teóricas e práticas sobre as abelhas indígenas sem ferrão, inserindo nas crianças e adolescentes a importância desses insetos  do ponto de vista ambiental, econômico e cultural. No meliponário instalou-se quatro caixas de abelhas nativas de três espécies diferentes, sendo uma de jataí, uma de mirim-guaçu e duas de mandaçaia. Todas mansas e ideais para a prática da educação ambiental.

utilização de abelhas nativas como ferramenta na educação ambiental

Crianças conhecendo um pouco do incrível universo das abelhas nativas.

 

Fonte: http://itapetininga.nossobemestar.com/posts/735-abelhas-indigenas

Anúncios

Sobre Felipe Furtado Frigieri

Engenheiro florestal graduado pela ESALQ-USP. Interessado em discutir temas relacionados a arborização urbana, restauração florestal de ambientes degradados, horta urbana, reciclagem, criação de abelhas nativas, entre outros.
Esse post foi publicado em Tema Livre. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Utilização das abelhas indígenas na educação ambiental

  1. Silvio Lopes disse:

    Caro Felipe, tenho uma colmeia de jataí em minha casa e fui surpreendido com um ataque de abelhas pilhadeiras. Tive um trabalhão para derrotá-las, pois fiquei o dia todo de plantão, matando uma a uma até que desistiram. Gostaria de ter informações sobre as pilhadeiras e como combatê-las. Um abraço!

    Curtir

  2. nosavessos disse:

    gostaria de saber se no mes de dezembro elas enxameia

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s